Arquivo da tag: google

The Economist: nos EUA, 64% usam Google

Search1

O “mercado de buscas” na internet nos Estados Unidos é dominado pelo Google (64%), seguido por Yahoo (20%) e Live, da Microsoft (8%).

Os dados estão em uma matéria interessante da revista The Economist, que antecipa algumas novas tecnologias de busca que estão sendo desenvolvidas. Segundo a publicação, as empresas estudam soluções para refinar as buscas, para que o usuário encontre respostas para suas questões.

Uma das ideias é organizar o buscador de modo que este “antecipe os interesses de quem faz a busca”, diminuindo brechas para informações aleatórias. Conversa de ficção científica, mas para ficar de olho…

Deixe um comentário

Arquivado em Internet

Slate: Youtube terá perdas de US$ 470 mi em 2009

090414_tech_youtube

A Slate Magazine reproduz um artigo de Farhad Manjoo com um dado para ficar de olho: o Google perderá este ano US$ 470 milhões com o Youtube. A fonte da informação é uma companhia de investimentos chamada Credit Suisse. Motivo: os custos de estocar e distribuir o conteúdo são superiores ao que se consegue com publicidade.

 De acordo com a Slate, apenas 10% das páginas do Youtube têm anúncios; para a publicação, os  “anunciantes não se mostram dispostos a patrocinar vídeos e fotos caseiras”.

Aparentemente, os bilhões de acessos/ano ao Youtube não se transformaram em cifrões.

Deixe um comentário

Arquivado em Internet, Mídia

Na Internet, corrida pelo livro online

2595662747_3b7c8e38fa_m

Imagem: Transeúnte

A revista Carta Capital desta semana (número 537) traz uma matéria interessante sobre os negócios do milionário americano Bewster Kahle.

Da área tecnológica, Kahle, entre outros interesses, tem como meta “construir a maior biblioteca digital do mundo”, a openlibrary.org (segundo o texto da Carta Capital, o projeto não tem fins lucrativos e é bancado por fundações e parcerias com bibliotecas, que têm interesse na digitalização de livros em larga escala).

Na openlibrary você escreve o nome da obra e aparecem informações a respeito do livro, do autor, editora etc  – no futuro, planeja-se, haverá acesso ao conteúdo completo.

De todo modo, há uma corrida por disponibilizar o saber que está nos livros, já que outra empresa, a gigante Google mantém – pelo visto, a toque de caixa – um projeto semelhante, o Book Search (mesmo esquema da openlibrary).

A Google chegou a ser processada por autores e editoras ao digitalizar textos (mais de 7 milhões de obras nos últimos anos) submetidos a direitos autorais, embora, conforme o site da companhia, um acordo já tenha sido alcançado.

Vale a pena conferir essa corrida pela digitalização do conhecimento, ver no que vai dar. Afinal, informação é poder.

Deixe um comentário

Arquivado em Internet