Arquivo da tag: direitos

Os ingleses e as câmeras de vigilância

CCTV

Acima, a visão do artista inglês Banksy a respeito do futuro… o site dele está aqui. (boas imagens, grafites etc – vale uma visita).

Em tempo: a Inglaterra é, provavelmente, um dos países mais vigiados do mundo. São 3 milhões de câmeras de vigilância, ou CCTVs, espalhadas por supermercados, lojas, ruas e no futuro, quem sabe, nos pastos também…

São, em tese, equipamentos de segurança.

Mas uma lei permite que qualquer cidadão requisite aos proprietários dessas câmeras suas imagens.

Abaixo, um filme futurista produzido pela artista Manu Luksch a partir de imagens dela própria capturadas por diversas CCTVs em Londres…

4 Comentários

Arquivado em Cultura

Vem aí mais uma mobilização contra o aborto

blue-red-iren-tarvid

Imagem: Iren Tarvid 

Depois de sofrerem um revés midíatico com as desastradas declarações do arcebispo de Olinda e Recife, dom José Cardoso Sobrinho – que ao condenar o aborto legal feito em uma menina de 9 anos disse que este é mais grave do que o estupro (estabelecendo um absurdo parâmetro de comparação) — os grupos “pró vida” (contrários à legalização da interrupção da gravidez) preparam novas campanhas para este ano, quando o Supremo Tribunal Federal (STF) julga o aborto em anencefalos.

E, das associações religiosas, não é apenas a Igreja Católica que milita contra o direito ao aborto; os espíritas também se mobilizam com afinco (já os pentecostais da Igreja Universal são, neste tópico, mais flexíveis).

O diretores do filme Bezerra de Menezes – O Diário de um Espírito,  os cearenses Halder Gomes e Glauber Filho,  finalizaram dois curtas “pró-vida”, a serem utilizados em campanha pelo país.

Lançado em 2008, o filme Bezerra de Menezes, de baixo orçamento e que conseguiu 500 mil espectadores no país, é um projeto da Associação Estação da Luz, instituto de cunho espiritista do Ceará. De acordo com seu produtor, Luis Eduardo Granjeiro Girão,  o longa-metragem foi dedicado às “crianças vitimas de aborto provocado”. A história de Bezerra de Menezes não fala em aborto, embora haja uma conclamação contra a prática no final do filme, em, quase, uma propaganda subliminar, quando o espectador é pego de supetão com a exibição de uma frase atribuída a Madre Teresa de Calcutá.

A turma contra o aborto mobiliza sua própria mídia (filmes e informações que veiculam via TVs e rádios que controlam), para uma polêmica em que, aparentemente, forças religiosas significativas encontram-se em sintonia.

Do outro lado, por enquanto, além dos movimentos de mulheres, o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, vem desempenhando seu papel republicano, salvaguardando – pelo menos em suas reações na imprensa — o caráter laico do Estado brasileiro.

3 Comentários

Arquivado em Mulheres

Site colhe assinaturas pela Declaração Universal dos Direitos Humanos

1638669119_c3ff4e7c15_m

Imagem: Ken Cox

 

O site Every Human Has Rights estimula as pessoas a assinarem a Declaração Universal dos Direitos Humanos, que completa hoje 60 anos, e disponibiliza banners.

 

 

Deixe um comentário

Arquivado em Cidadania