Quem são os maiores fabricantes de armas do mundo?

O site da revista britânica The Economist publicou recentemente uma lista com os principais fabricantes de armas do mundo (veja abaixo). Em primeiro lugar aparece a BAE Systems, da Inglaterra, com ganhos superiores a US$ 30 bilhões no ano de 2008 (o que no Brasil manteria o programa Bolsa Família por 4 anos).
A maior parte das companhias, porém, é americana. Escreve a revista: “O enorme orçamento de defesa dos EUA – que deve atingir US$ 700 bilhões em 2010 – garante oportunidades de negócios para as empresas locais (americanas) da indústria de defesa”.
No total, os 100 maiores fabricantes de armas venderam o equivalente a US$ 385 bilhões em 2008 – um acréscimo de US$ 39 bilhões em relação a 2007. A fonte dos dados (com freqüência utilizada pela The Economist) é o Stockholm International Peace Research Institute. Veja aqui mais detalhes.
Anúncios

1 comentário

Arquivado em Economia

Uma resposta para “Quem são os maiores fabricantes de armas do mundo?

  1. O EUA pode fabricar o tipo de arma que quiser, e atacar quem a ele desejar e arrastar com ele outros no morticínio provocado por eles e seus aliados. Os que querem defender não podem, e assim eles retaliam, bloqueiam, humilham e sufocam o pais alvo. Quem vai deter os seus anseios pretensioso.

    Salvem nossas crianças das bombas de fragmentação

    Bomba de fragmentação (em inglês: cluster bombs ou cluster munitions) é um artefato explosivo que, quando acionado, libera uma certa quantidade de projéteis ou fragmentos menores, com a finalidade de causar grande número de vítimas, já que, além da concussão causada pela explosão em si, os fragmentos são lançados a alta velocidade em todas as direções, provocando ferimentos graves ou mesmo mortais dentro de uma grande área. Seu efeito sobre uma tropa é devastador: além dos mortos e feridos, causa um pânico generalizado, devido exatamente à sua crueza e brutalidade.
    Pode ser usada também contra outros alvos – veículos, linhas de transmissão e abrigos – e lançada a partir do ar, do solo. Pode também ser usada como mina terrestre. A médio prazo, causa ferimentos e morte nas populações civis.
    A definição de armas de fragmentação inclui toda munição, como granadas, foguetes e bombas, que contenha um grande número de bombas menores que, ao serem lançadas, espalham-se sobre uma grande área. Esses pequenos explosivos podem permanecer intactos por muitos anos e representam um perigo iminente para a população, podendo causar mutilações ou mortes no momento em que explodem. A maioria das vítimas são civis.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s