O que é prioridade: fazer um muro ou uma creche?

1470755802_e29d198fdb_m

Pão de Açúcar visto do Santa Marta
Imagem: Márcia Mesquita 

Como muitos sabem, o Morro Santa Marta, em Botafogo, no Rio, está ocupado “socialmente” pela Polícia Militar. É um experiência piloto. A idéia é aliar a presença da polícia a melhoras sociais, com o apoio dos governos municipal, estadual e federal.

Mas uma das iniciativas já anunciadas pela prefeitura é construir um muro ladeando a favela, para evitar sua expansão.

E no alto do morro, o que era para ser uma escola “virou” – após a “ocupação social”  —  posto de policiamento (o prédio vinha sendo construído há anos e incomodava parte dos moradores do “asfalto”, pois temia-se que o local virasse um “bunker” do tráfico).

A simbologia desses fatos não parece boa.

Os dados do IBGE para Botafogo apontam, por exemplo, que 61% das crianças de 4 anos estão fora da escola nas favelas do bairro (no asfalto o índice é de 15%); entre as crianças de 3 anos, 27% nas favelas são sem-creche (contra 5% no asfalto).

Não seria melhor começar uma “ocupação social” por oferecer mais vagas em creches?

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Cidadania

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s