Crise bate em Cannes

Um produtor de documentários para TV sediado em Zurique, Suíça, me contou que na semana passada a Feira de TV de Cannes recebeu um público (relativamente) pequeno: 13 mil pessoas, ante as 17 mil aguardadas. A explicação foi a crise.

Diversas TVs européias começam a adequar seus orçamentos às novas restrições financeiras e deixam de fechar contratos para projetos novos.

E para quem quer acompanhar essa crise a partir do olhar da Europa germânica, um site com informações relevantes em inglês é o do Spiegel (revista alemã).

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Economia, Mídia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s