Lei eleitoral “apaga” candidatos da web

Imagem retirada do blog Desculpe a Poeira

Tentei entrar nos sites dos candidatos vitoriosos no Rio e São Paulo, mas me deparei com um aviso de fora do ar, por conta da Lei Eleitoral (que, pelo visto, determina a desconexão do site em algum momento do processo eleitoral).

A minha idéia era fazer um link para as promessas dos eleitos.

Não conheço os motivos desta lei, mas um dos resultados práticos dela é que ficamos sem uma fonte importante de consulta; tanto o site oficial de Gilberto Kassab (para registro: www.kassab25.com.br), como o de Eduardo Paes (para futuros arqueólogos virtuais: www.eduardopaes.com.br), traziam seus programas de governo (ou promessas) em detalhes. E importante: em suas próprias palavras!

Ou seja: seriam ótima fonte para cobranças e monitoramento no futuro! (quem vai se dar ao trabalho, daqui um ou dois anos, de rever arquivos de jornais ou folhear amarelecidos panfletos de campanha, para checar o que foi realizado ou não?).

Se todos os sites foram desativados (o de Marta era: www.marta13.can.br ), a exceção fica por conta do de Gabeira. Sua equipe foi esperta: você clica no antigo site de campanha (www.gabeira43.com.br) e é automaticamente transferido para o site permanente do político.

É uma maneira de absorver a audiência dos últimos meses…e driblar a anacrônica Lei Eleitoral.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Cidadania, Mídia, Política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s